sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

PLANEJAMENTO CIÊNCIAS 2011 - Ensino Fundamental 6º - 8º ano

6º ANO – ENSINO FUNDAMENTAL

1 IDENTIFICAÇÃO
Centro Educacional Barreiros - CEB
Disciplina: Ciências
Professor: André

2 JUSTIFICATIVA
Desenvolver no aluno a capacidade de associar a realidade com o desenvolvimento científico e entender o equilíbrio dinâmico da vida, com permanentes interações entre os seres vivos e os demais elementos do ambiente.

3 OBJETIVOS
3.1 Geral
Aplicar os conceitos estudados ao cotidiano, percebendo a necessidade do estudo da Ciência para compreensão de fenômenos diários. Promover a compreensão do mundo como elaboração humana e suas transformações. Preparar o aluno para uma sociedade científica e tecnológica na qual o conhecimento assume perspectiva crítica a respeito da ciência e tecnologia.

3.2 Específicos
 compreender o papel do homem na natureza e fenômenos científicos;
 desenvolver o pensamento do homem como participante ativo no equilíbrio ecológico do ecossistema;
 resolver exercícios através de conhecimentos científicos ;
 desenvolver responsabilidade ambiental;
 relacionar a ciência a outras áreas do conhecimento;

4 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1º Trimestre

4.1 Cientista: você também pode ser um...
    4.1.1 Em busca do conhecimento
    4.1.2 Trabalho dos cientistas
 Pesquisa passo a passo (Método científico)

4.2 Misterioso universo
    4.2.1 Como tudo começou
 Origem do universo
    4.2.2 Viagem pelo universo
 Via Láctea
 Um giro pelo Sistema Solar
 Uma estrela chamada Sol
 Vida na Terra. Por que só aqui? E será que é somente aqui?
 Passeio pelos planetas
 No mundo da Lua
 Asteróides, cometas, meteoróides

4.3 Nosso lindo balão azul
    4.3.1 Lindo planeta Terra
    4.3.2 Estudar nosso planeta para quê?
    4.3.3 Um retrato da Terra
 Dança dos continentes (história geológica)
 Indo mais fundo (constituição física da Terra)
    4.3.4 Temperatura no interior da Terra
 Gêiseres
 Águas termais
 Vulcões (partes de um vulcão e atividade vulcânica)
 Ilhas vulcânicas
 Terremoto ou sismo
    4.3.5 Um ímã gigantesco (noções de magnetismo e magnetismo terrestre)
 Pólos magnéticos

4.4 Toda pedra dura?
    4.4.1 Voltando no tempo
 Rochas e minerais
    4.4.2 Meio ambiente em perigo

2º Trimestre

4.5 Solo
    4.5.1 Olhando mais de perto
    4.5.2 Camadas do solo
 Tudo se transforma
 Formação do solo
 Importância dos seres vivos para o solo
 Importância do solo para os animais
 Importância do solo para os vegetais
    4.5.3 Composição e tipos de solo
 Solo arenoso
 Solo argiloso
 Solo humífero
 Solo calcário
 Permeabilidade do solo
    4.5.4 Produtividade do solo
 Adubação
 Aração
 Calagem
 Rotação de cultura
 Irrigação
 Drenagem
Curva de nível e terraceamento

4.6 Problemas no solo
    4.6.1 Desmatamento e queimada
    4.6.2 Erosão e desertificação
    4.6.3 Agrotóxicos
    4.6.4 Acúmulo de lixo
 Aterro sanitário
 Incineração
 Usinas de compostagem
    4.6.5 Reaproveitamento de lixo
 Coleta seletiva
 Reciclagem
    4.6.6 Doenças
 Ascaridíase
 Ancilostomose
 Oxiuríase

4.7 Cio da terra
    4.7.1 Alimentos
 Manutenção da saúde
 Pirâmide alimentar
    4.7.2 Problemas sociais
 Fome
 Terras sem produção

4.8 Água: fonte da vida
    4.8.1 Importância e presença da água
 Uso da água pelo ser humano e sua importância para os seres vivos
    4.8.2 Composição da água
 Noções de átomo, molécula e substâncias químicas a partir da água
    4.8.3 Estados físicos da água
 Mudanças de estados físicos
    4.8.4 O homem e o ciclo da água

3º Trimestre

4.9 Água Corrente
    4.9.1 Propriedades da água
 Densidade e tensão superficial
 Empuxo
 Nível da água
 Dissolução
    4.9.2 Tipos de água
 Água doce
 Água salgada
 Água potável
 Água mineral
 Água destilada
 Água poluída e/ou contaminada
    4.9.3 Água tratada
 Esgoto

4.10 Águas ameaçadoras
    4.10.1 Águas poluídas e contaminadas
 Efeitos dos poluentes
 Efeitos das águas contaminadas
    4.10.2 Saúde e higiene

4.11 Vento ventania
    4.11.1 Ar, invisível ar
    4.11.2 Algumas propriedades do ar
 Pressão do ar
 Variação da pressão atmosférica
 Elasticidade e expansibilidade do ar
 Aplicações práticas do ar comprimido e rarefeito
    4.11.3 Ar que nos rodeia
 Nitrogênio
 Oxigênio e gás carbônico
 Outros gases
    4.11.4 Tecnologia no ar

4.12 Importância do ar
    4.12.1 Atmosfera e condições para a vida
    4.12.2 O homem altera as condições do ar
 Efeitos da poluição atmosférica
    4.12.3 Ar contaminado

4.13 Terra cheia de vida
    4.13.1 Seres vivos no planeta
 Ecossistemas
    4.13.2 Relações dos seres vivos num ecossistema
    4.13.3 Adaptações às condições ambientais
    4.13.4 Ambiente construído

5 ESTRATÉGIAS METODOLÓGICAS
5.1Técnicas
 aulas expositivas
 utilização de lousa digital como ferramenta
 vídeos relacionados ao assunto
 discussão de conceitos relacionando o conteúdo ao cotidiano
 atendimentos individuais
 explanação no quadro em caso de dúvidas coletivas
 utilização de experimentos (quando conteúdo e condições permitirem)
 trabalhos em forma de seminários, para socialização do conhecimento

5.2 Recursos
 Quadro e giz
 Lousa digital
 Experimento
 Material impresso
 Internet
 Textos extras
 Apostila
 Vídeos
 Blog

6 INSTRUMENTOS E COMPONENTES DE AVALIAÇÃO
 Provas mensais e trimestrais
 Estudo dirigido
 Atividades relacionadas aos projetos desenvolvidos
 Trabalhos em equipe e individuais (escritos e apresentados)
 Utilização do Blog contendo questões extras
 Nota de participação (esta nota será composta de um conjunto de registros do desenvolvimento do aluno durante o trimestre, contando a realização de tarefas, trabalhos, assiduidade, disciplina, interesse e responsabilidade)

 
7º ANO – ENSINO FUNDAMENTAL


1 IDENTIFICAÇÃO
Centro Educacional Barreiros - CEB
Disciplina: Ciências
Professor: André

2 JUSTIFICATIVA
Desenvolver no aluno a capacidade de associar a realidade com o desenvolvimento científico e entender o equilíbrio dinâmico da vida, com permanentes interações entre os seres vivos e os demais elementos do ambiente.

3 OBJETIVOS
3.1 Geral
Aplicar os conceitos estudados ao cotidiano, percebendo a necessidade do estudo da Ciência para compreensão de fenômenos diários. Promover a compreensão do mundo como elaboração humana e suas transformações. Preparar o aluno para uma sociedade científica e tecnológica na qual o conhecimento assume perspectiva crítica a respeito da ciência e tecnologia.
3.2 Específicos
 compreender o papel do homem na natureza e fenômenos científicos;
 desenvolver o pensamento do homem como participante ativo no equilíbrio ecológico do ecossistema;
 resolver exercícios através de conhecimentos científicos ;
 desenvolver responsabilidade ambiental;
 relacionar a ciência a outras áreas do conhecimento;

4 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1º Trimestre
4.1 Quebrando a cabeça para desvendar a história
    4.1.1 Origem da vida e condições de existência
 Criacionismo (origem divina)
 Evolucionismo (origem por evolução orgânica)
    4.1.2 História da terra
    4.1.3 Fósseis, a prova da vida
    4.1.4 Sempre mudando – teorias evolucionistas
 Lamarckismo
 Darwinismo
 Neodarwinismo

4.2 Explosão de vida
    4.2.1 Biodiversidade
 Biodiversidade ameaçada
    4.2.2 Classificação biológica dos seres vivos
    4.2.3 Nomenclatura científica
    4.2.4 Vamos organizar cada um no seu grupo
 Reino Monera
 Reino Protista
 Reino Fungi
 Reino Plantae ou Metaphyta
 Reino Animalia ou Metazoa

4.3 Assim é a vida
    4.3.1 Características dos seres vivos
 Ciclo vital
 Organização celular
 Nutrição
 Respiração
 Reprodução
 Reação e movimentação

4.4 O mundo fascinante dos vírus
    4.4.1 Vírus
 Características dos vírus
 Doenças causadas por vírus
 É melhor prevenir

2º Trimestre

4.5 Reino Monera
    4.5.1 Nossas armas de defesa
    4.5.2 Pequenos notáveis
 Bactérias – características gerais
 Bactérias benéficas
 Bactérias e suas adaptações
 Bactérias patogênicas
 Como combater as bactérias patogênicas?
 Cianobactérias ou algas azuis

4.6 Reino Protista e Reino Fungi
    4.6.1 Reino Protista
 Protozoários
 Classificação dos protozoários
 Doenças provocadas por protozoários
 Algas
 Algas dinoflageladas
 Algas euglenófitas
 Algas diatomáceas
 Algas feofíceas
 Algas rodofíceas
 Algas clorofíceas
    4.6.2 Reino Fungi
 Características dos fungos
 Importância dos fungos
 Fungos e remédios
 Fungos decompositores
 Fungos parasitas
 Fungos mutualísticos
 Fungos na alimentação
 Fungos venenosos

4.7 Reino Plantae
    4.7.1 Conhecer para preservar
    4.7.2 Briófitas
 Reprodução das briófitas
    4.7.3 Pteridófitas
 Reprodução das samambaias

4.8 Reino Plantae II
    4.8.1 Gimnospermas
 Como as gimnospermas se reproduzem
    4.8.2 Angiospermas
 Raiz
 Caule
 Folha
 Flor
 Como as angiospermas se reproduzem?
 Frutos e sementes

3º Trimestre

4.9 Reino Animalia I
    4.9.1 Poríferos
 Como as esponjas se reproduzem?
    4.9.2 Cnidários
 Pólipos e medusas
 E os corais?

4.10 Reino Animalia II
    4.10.1 Platelmintos
 Planárias
 Esquistossomos
 Tênias ou solitárias
    4.10.2 Nematelmintos
 Principais nematelmintos parasitas do homem
    4.10.3 Anelídeos
 Minhocas
 Anelídeos marinhos
 Sanguessugas
    4.10.4 Moluscos
 Gastrópodes
 Bivalves
 Cefalópodes

4.11 Reino Animalia III - Artrópodes e Equinodermos
    4.11.1 Artrópodes
 Principais classes de artrópodes (insetos)
 Relações como homem e o meio ambiente
    4.11.2 Outras classes de artrópodes
 Aracnídeos
 Crustáceos
    4.11.3 Pernas, muitas pernas e mais pernas...
 Quilópodes e diplópodes
    4.11.4 Equinodermos

4.12 Reino Animalia IV – Incrível mundo dos vertebrados
    4.12.1 Peixes
 Anatomia externa
 Respiração
    4.12.2 Anfíbios
 Sapo, rã ou perereca?
    4.12.3 Répteis
 Conquista do ambiente terrestre
 Características gerais da classe dos répteis
 Divisão dos répteis

4.13 Reino Animalia V – Incrível mundo dos vertebrados
    4.13.1 Aves
 Características da classe das aves
 Outras características
 Aves e ecossistema
    4.13.2 Mamíferos
 Animais que mamam
 Outras características
 Nutrição
 Respiração
 Circulação
 Excreção
 Reprodução
 Sistema nervoso e órgãos dos sentidos

5 ESTRATÉGIAS METODOLÓGICAS
5.1Técnicas
 aulas expositivas
 utilização de lousa digital como ferramenta
 vídeos relacionados ao assunto
 discussão de conceitos relacionando o conteúdo ao cotidiano
 atendimentos individuais
 explanação no quadro em caso de dúvidas coletivas
 utilização de experimentos (quando conteúdo e condições permitirem)
 trabalhos em forma de seminários, para socialização do conhecimento

5.2 Recursos
 Quadro e giz
 Lousa digital
 Experimento
 Material impresso
 Internet
 Textos extras
 Apostila
 Vídeos
 Blog

8º ANO – ENSINO FUNDAMENTAL


1 IDENTIFICAÇÃO
Centro Educacional Barreiros - CEB
Disciplina: Ciências
Professor: André

2 JUSTIFICATIVA
Desenvolver no aluno a capacidade de associar a realidade com o desenvolvimento científico e entender o equilíbrio dinâmico da vida, com permanentes interações entre os seres vivos e os demais elementos do ambiente.

3 OBJETIVOS
3.1 Geral
Aplicar os conceitos estudados ao cotidiano, percebendo a necessidade do estudo da Ciência para compreensão de fenômenos diários. Promover a compreensão do mundo como elaboração humana e suas transformações. Preparar o aluno para uma sociedade científica e tecnológica na qual o conhecimento assume perspectiva crítica a respeito da ciência e tecnologia.

3.2 Específicos
 compreender o papel do homem na natureza e fenômenos científicos;
 desenvolver o pensamento do homem como participante ativo no equilíbrio ecológico do ecossistema;
 resolver exercícios através de conhecimentos científicos;
 desenvolver responsabilidade ambiental;
 relacionar a ciência a outras áreas do conhecimento;

4 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1º Trimestre

4.1 Longo caminho
    4.1.1 Em transformação
 História do homem
 Nossa espécie
 Desenvolvimento e cultura

4.2 Penso, logo existo!
    4.2.1 Corpo humano na história
    4.2.2 Somo feitos de quê?
 Do átomo ao organismo
    4.2.3 Células
 Célula vista mais de perto
 Membrana plasmática
 Citoplasma
 Núcleo
    4.2.4 Divisão celular
 Meiose
 Mitose

4.3 Da célula ao corpo humano
    4.3.1 As células se agrupam
 Tipos de tecidos
    4.3.2 Para cada tecido, uma função
 Revestimento e proteção
 Movimentos no corpo
 Captar e transmitir estímulos
 Preenchimento, sustentação, defesa e transporte
    4.3.3 Os tecidos se agrupam
 Funções do corpo humano

4.4 Alimentos
    4.4.1 Importância dos alimentos
 Vitaminas e sais minerais
 Carboidratos
 Proteínas
 Água
 Lipídios
    4.4.2 Atividade metabólica

4.5 Digestão dos alimentos
    4.5.1 Sistema digestório
    4.5.2 Órgãos do sistema digestório
 Tubo digestório
 Glândulas anexas
    4.5.3 Processos digestivos
 Processo mecânico
 Processo químico
    4.5.4 Distúrbios do sistema digestório
 Cáries dentárias
 Apendicite
 Gastrite e úlcera gástrica

2º Trimestre

4.6 Atividades humanas
    4.6.1 Respiração humana
 Pulmões e movimentos respiratórios
    4.6.2 Função do sangue na respiração
    4.6.3 Ar, sistema respiratório e saúde
 Gases perigosos
 Doenças respiratórias
 Tabagismo
    4.6.4 Atividades e impurezas
 Suor e pele
 Urina e sistema urinário
 Estrutura dos rins
 Estrutura da bexiga
 Disfunções do sistema urinário

4.7 Transporte de substâncias
    4.7.1 Sistema cardiovascular
 Coração
 Vasos sanguíneos
 Circulação sanguínea
 Doenças do sistema cardiovascular
    4.7.2 Sangue
 Tipos de sangue

4.8 Relações com o ambiente
    4.8.1 Sistema locomotor
    4.8.2 Sistema esquelético
 Ossos da cabeça
 Ossos do tronco
 Ossos dos membros superiores e inferiores
    4.8.3 Função, composição e estrutura dos ossos
    4.8.4 Cuidado com a postura
    4.8.5 Sistema muscular
    4.8.6 Sistema muscular e saúde

4.9 Relações humanas
    4.9.1 Tato
    4.9.2 Visão
 Proteção dos olhos
 Problemas de visão
    4.9.3 Audição
 Problemas auditivos
    4.9.4 Olfação e gustação

3º Trimestre

4.10 No controle do corpo
    4.10.1 Mensageiros do corpo
 Sistema endócrino
    4.10.2 Quando as glândulas não funcionam bem
 Altos e baixos
 Hipo e hipertireoidismo
 Diabetes

4.11 Máquina de controle
    4.11.1 Função de coordenação
 Neurônios
    4.11.2 Sistema nervoso central
 Cérebro
 Medula espinhal
    4.11.3 Sistema nervoso periférico
    4.11.4 Sistema nervoso autônomo
    4.11.5 Alterações no sistema nervoso

4.12 Maturidade sexual
    4.12.1 Sistema reprodutor
 Menstruação e fecundação
 Gêmeos, trigêmeos, quadrigêmeos... Como se formam?
    4.12.2 Hora do nascimento
    4.12.3 Doenças sexualmente transmissíveis
 Como se previnir?

4.13 De pais para filhos
    4.13.1 Hereditariedade
 Trabalho de Mendel
 Heredograma
 Genes e ambiente
    4.13.2 Quando os genes representam problemas?
 Daltonismo
 Albinismo
 Síndrome de Down
    4.13.3 Genética moderna

5 ESTRATÉGIAS METODOLÓGICAS

5.1Técnicas
 aulas expositivas
 utilização de lousa digital como ferramenta
 vídeos relacionados ao assunto
 discussão de conceitos relacionando o conteúdo ao cotidiano
 atendimentos individuais
 explanação no quadro em caso de dúvidas coletivas
 utilização de experimentos (quando conteúdo e condições permitirem)
 trabalhos em forma de seminários, para socialização do conhecimento

5.2 Recursos
 Quadro e giz
 Lousa digital
 Experimento
 Material impresso
 Internet
 Textos extras
 Apostila
 Vídeos
 Blog

3 comentários:

  1. ótimo plano, muito bem feito! Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  2. gostaria de ver o plano de aula de ciencias do 9 ano

    ResponderExcluir
  3. muito bom, mas gostaria de um plano de ensino.

    ResponderExcluir